segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Ricky Martin traz La Vida Loca para Las Vegas

Olá pessoal! Confiram as fotos e tradução da matéria que a revista americana  "Paper Magazine" fez sobre a temporada de nosso amado Ricky Martin em Las Vegas.

Ricky Martin traz La Vida Loca para Las Vegas

Três décadas atrás, um aspirante a cantor porto-riquenho mudou legalmente seu nome de Enrique Martin Morales IV para Ricky Martin. Agora, se você tecleasse casualmente o nome "Ricky" na conversa do jantar, alguém certamente responderia: "Você quer dizer Ricky Martin?" A sensação latina, Ricky, é tão reconhecível que provavelmente poderia largar o "Martin" também.

Desde que ele começou sua carreira musical, os computadores se tornaram ferramentas portáteis, um presidente  quase sofreu impeached, o casamento homossexual foi legalizado e Ricky Martin permaneceu relevante, sustentando uma das mais variadas e consistentes carreiras no show business.

Agora, Ricky juntou-se a outros ídolos como Cher, Britney, Mariah como residente de Las Vegas, firmemente cimentando o seu lugar no estrelato do pop.

Sua nova residência no Park Theatre no Monte Carlo Resort & Casino se baseia no impressionante catálogo de hits de Martin.
Desde que deixou Menudo, a banda de menino porto-riquenho, onde começou seu início, e lançou sua carreira solo, lançou 10 álbuns de estúdio, em espanhol e inglês, que venderam 70 milhões de vezes. Em seu show, você terá um pouco de tudo de sua carreira, de hits como "Livin 'la Vida Loca" e "She Bangs" para favoritos em espanhol como "Por Arriba, Por Abajo" e os recente "Vente Pa 'Ca. "

Está longe da primeira vez que Martin atuou na cidade. Em 1984, Martin fez sua primeira visita a Las Vegas com Menudo, uma experiência que ele lembra como sendo "poderosa" antes de lutar pelo "espetáculo" dos shows na cidade - um padrão que o cantor diz que se sentiu um grande responsabilidade de viver até quando se trata de seu próprio set. Bem ciente de que o público de Las Vegas vem esperando o melhor entretenimento do mundo, Martin diz que ele ensaiou por dois meses, colocando dias de 14 horas, para sentir como se ele tivesse conquistado seu lugar.

Enquanto sua residência dita a maior parte do tempo, Martin diz que gostava de ter a chance de "descobrir a cidade". No que diz respeito ao que isso implica exatamente, Martin é sem surpresa, com lábios apertados, mas ele faz alusão ao fato depois - as antics escuras podem levar a conseqüências inesperadas. "Eles dizem que tudo o que acontece em Las Vegas fica em Vegas, mas essa é uma grande mentira", ele transmite com um sorriso e uma piscadela. "Isso não é verdade! Não acredite nisso, você precisa ter cuidado! Porque ..."

Martin é noivo do pintor sírio-sueco Jwan Yosef e é pai de filhos gêmeos de nove anos, Matteo e Valentino, que viajam com Martin em todos os lugares, incluindo Vegas  Nós fomos ver Michael Jackson feito pelo Cirque du Soleil".  Ele diz animado, acrescentando: "Nós amamos Michael Jackson". Martin parece viver uma vida familiar tão idílica, é fácil esquecer que foi há apenas sete anos, quando a estrela sentiu que poderia assumir publicamente sua homossexualidade.

"Estou orgulhoso de dizer que sou um homem homossexual afortunado. Estou muito abençoado por ser quem sou", escreveu em seu site de volta em 2010, para uma resposta extremamente positiva.

Muito mudou nesses sete anos, e há algo muito bonito em torno do fato de que mais de três décadas após a primeira apresentação com Menudo, um Martin confiante e seguro de si mesmo está de volta a Las Vegas, uma cidade que construiu sua reputação ao permitir que seus habitantes abraçam seus verdadeiros "eus". Esta abertura também se estende a outro projeto profissional: o papel de Martin como amante de Gianni Versace, Antonio D'Amico, no próximo assassinato de Ryan Murphy "The Ganni Versace: American Crime Story". Martin estrela ao lado de Edgar Ramirez e Penélope Cruz, que interpretam Gianni e Donatella Versace, respectivamente, no relato do trágico assassinato do designer atrasado.

É a primeira vez que Martin retratou um personagem gay na TV. Ele diz que sentiu uma verdadeira "responsabilidade" de se inscrever no projeto e que o assunto era "muito desafiador", acrescentando que ele foi forçado a "separar completamente [seus] muros e empurrar seus" limites "para jogar D ' Amico. No entanto, a licença dramática do show passou recentemente por fogo no próprio D'Amico.

O modelo anterior bateu no show por seu aparente desrespeito pelo realismo depois de ver fotos de Martin segurando o ator Edgar Ramirez (como Versace) depois do tiroteio - algo que ele diz que nunca aconteceu. Isso impulsionou Martin a chegar a D'Amico para assegurar-lhe que faria a justiça da sua história e de Versace. "Vou garantir que as pessoas se apaixonem por sua relação com Gianni", ele disse que contou a D'Amico por telefone, relatando a anedota durante um recente painel da Associação de Críticos de Televisão.

Considerando Martin tornou-se tão famoso por seu abandono imprudente no palco e na tela pequena, Martin é notavelmente suave falando longe dos holofotes e aborda o show com seriedade. "É uma história que, infelizmente, está cheia de injustiça, e estamos aqui para lançar alguma luz sobre a infelicidade de perder um homem tão maravilhoso", diz ele sobre a história de Versace. "Eu estou trabalhando com produtores e diretores incríveis, um elenco impecável". Ele continua: "Para poder trabalhar e agir, desafiar-me todos os dias, diante de incríveis diretores que constantemente pedem muitos de você ... Eu não fui tão inspirado há tanto tempo".

Martin claramente não se esquiva de um desafio. 2017 o viu equilibrar-se entre "ACS" com sua residência em Vegas no Park Theatre, onde ele troca noites com outras estrelas como Bruno Mars e Cher. "Toda vez que eu estou lá, eu apenas sinto a energia nessas paredes", ele diz sobre o local. E, por sua parte, Martin não parece ter perdido nenhuma energia de moagem de quadril que o tornou famoso, mesmo após 10 álbuns, uma autobiografia, grandes projetos de atuação, turnê após turnê e agora, uma residência em Las Vegas .

Seu vigor manteve sua carreira em constante movimento e seu nome é uma presença constante no entretenimento. Afinal, pode haver apenas um Ricky.

Styling by Douglas VanLaningham at Photogenics ARMY
Hair by Joey Nieves
Makeup by Maital Sabban
Photo Assistant: Georgia Nerheim
Digital Tech: Anthonie Gonzalez


Tradução: Claudia Salgado
Fonte: Paper Magazine