sexta-feira, 3 de junho de 2016

Ricky Martin visita refugiados sírios no Líbano

Olá pessoal!

Minnieh, Líbano - Ricky Martin, o cantor de renome mundial e embaixador da Boa da Vontade da UNICEF, disse que a palavra "refugiado" tinha perdido valor, mas que a comunidade internacional deve "abrir o coração".

Ricky falou durante uma visita ao Líbano com a UNICEF para atender crianças refugiadas sírias.

"Neste momento o que nós queremos é garantir que as crianças obtenham os seus direitos. Algumas crianças, infelizmente, não estão indo para a escola", disse ele em uma entrevista exclusiva quinta-feira com a Associated Press em Minnieh, norte do Líbano. As notícias da visita foram liberadas pela UNICEF apenas hoje devido a um embargo.

O cantor se encontrou com crianças sírias no Zahleh, no Vale do Bekaa na quarta-feira (1), e no assentamento informal Minnieh, perto da cidade de Trípoli, no dia seguinte.

Em Minnieh, as crianças tocaram a música  "Maria", e o cantor  dançou e bateu palmas junto a melodia, e participou de um jogo do futebol com as crianças. Durante sua visita, Martin também conheceu os adolescentes que frequentam uma escola de formação de habilidades, de acordo com a UNICEF.

A estrela, cuja caridade e defesa de trabalho tem-se centrado sobre a luta contra o trabalho infantil e tráfico de seres humanos, disse que ele foi sensibilizado para ir conhecer esta realidade por um refugiado sírio em "Homs" que ele conheceu no Vale de Bekaa do Líbano. Ele disse que um menino refugiado com de 11 anos de idade, chamado Batoul, está "trabalhando na agricultura, 12 horas por dia. E ela está sendo pago com água."

"Isso está acontecendo com nossos filhos. Isso está acontecendo com nossa futura geração", disse ele.

Segundo a UNICEF, existem 2,8 milhões de crianças fora da escola em que os refugiados da região e as criança estão particularmente em risco de exploração e abuso.

A agência da ONU diz que está a tratar do trabalho infantil através da educação gratuita e oportunidades económicas para os pais e jovens em idade de trabalhar.



Confira o vídeo da divulgado por Ricky sobre sua visita:


I have new Syrian friends in Lebanon. I truly admire their perseverance and spirit in spite of the hardships they are facing. More than a million Syrians have sought refuge in Lebanon since the start of the crisis and more than half of them are children. They shouldn't be forgotten. Proud to be a @UNICEF Goodwill Ambassador to help raise awareness for the #ChildrenofSyria @UNICEFLebanon is working in the more than 2000 informal settlements across Lebanon to give every child a chance to be what they want in life. UNICEF provides a package of services for these children such as education services, protection services, health care and clean water. Every child has a right to these services. Every child has a right to enjoy childhood. #ChildrenofSyria @UNICEF @UNICEFLebanon P.s. The song on the video is performed by the kids living in the camps. Aqui con Mis nuevos amigos sirios en el Libano. Admiro su perseverancia y el espíritu a pesar de las dificultades que se enfrentan día a día. Más de un millón de sirios han buscado refugio en el Líbano desde el inicio de la crisis y más de la mitad de ellos son niños. Ellos no deben ser olvidados. Orgulloso ser un embajador de buena voluntad de @UNICEF para ayudar a crear conciencia para los #NiñosDeSiria. @UNICEFLebanon está trabajando en los más de 2.000 asentamientos informales de todo el Líbano para dar a cada niño la oportunidad de ser lo que quieren en la vida. @UNICEF proporciona un conjunto de servicios para estos niños, tales como los servicios de educación, servicios de protección, atención médica y agua potable. Todos los niños tienen derecho a estos servicios. Todos los niños tienen derecho a disfrutar de su infancia. #ChildrenofSyria @UNICEF @rickymartinfoundation P.d. La cancion qué escuchas en el video es realizada por los niños que viven en el campamento.
Um vídeo publicado por Ricky (@ricky_martin) em



Vídeo da visita:






Fonte: Miami Herald

Tradução: Claudia Salgado