quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Ricky Martin:cinco lições de amor que eu compartilho com os meus filhos

Olá pessoal! Confiram a tradução do mais recente texto que nosso querido Ricky Martin publicou no site Papás y Mamás (antigo Picollo Universe)

Ricky Martin: cinco lições de amor que eu compartilho com os meus filhos

É impossível chegar ao mês de fevereiro e não me sentir feliz com tanto amor ao meu redor. E, embora que já se passou o tempo de "São Valentín", é importante lembrar que o amor não tem data. Para mim não há nada mais importante do que este sentimento tão bonito. Eu sou um pai aprendendo a cada dia sobre esta maravilha chamada paternidade, mas compartilho cinco lições de amor que funcionam para nós como família, que são fixados em minha casa e são as que sempre incuto em meus filhos.

1. Cultiva-lo diariamente. O amor não se limita ao mês de fevereiro, e muito menos a uma data única como  "San Valentín". O amor é o motor de nossas almas e algo que se alimenta todos os dias. Nada é mais importante que dizer e demostrar  aos meus filhos todos os dias o quanto eles significam para mim. Certifique-se dos pequenos detalhes a cada dia. Faça algo que os faça sentir-se especiais e que não custe mais do que o seu tempo e atenção. Na minha casa nós gostamos de dançar, então eu coloco música e compartilho esses momentos de riso e felicidade com eles. Inclusive fazemos competições. Eu sempre perco.

2. O amor pela família é incomparável. Eu sempre digo, e nunca me cansarei de repetir, eu não estaria aqui hoje se não fosse por minha família. O amor de meus pais e meus irmãos tem sido essencial para ter o sucesso que eu tenho hoje. Nos bons e maus momentos, o apoio e amor incondicional da família é essencial. Isso é algo que eu sempre converso com Matteo e Valentino. Como todos os irmãos, eles têm suas diferenças, mas sempre repeto que o sangue é o mais forte, e que sempre podem contar um com o outro. A minha família é a minha rocha.

3. O amor é amor e não tem limites. Todo o amor é bom. Repitam depois de mim, todo amor é bom. O amor não pode ser limitado ao sexo, raça , idioma ou geografia. Sentir o amor é a coisa mais bonita que nos brinda a vida e você tem que desfruta-lo em sua plenitude. Também há muitos que necessitam de amor e carinho. Por esta razão, eu agradeço muito pelo amor de quem me oferece.

4. Ser grato traz mais amor. E por falar em gratidão ... Estou convencido de que, quanto mais nós somos gratos pelo que temos e por quem temos em nossas vidas, a vida nos recompensa com mais e mais amor. Nós temos um costume em casa de sempre dizer pelo o quê nós somos gratos. Eu tento fazer meus filhos conscientes de que tudo o que eles tem ao redor é um presente, e por esse presente é preciso agradecer. Gratidão em minha casa é essencial.

5. O amor começa com um. Quando digo isso, quero dizer que a primeira pessoa que você tem que amar é a si mesmo. Se há algo que eu aprendi é que amar-se pode nos elevar o pico mais alto, e o oposto pode afundar-nos nas profundezas mais obscuras. Hoje em dia com tanto assédio moral, bullying e mensagens negativas, é extremamente importante ao criar nossos filhos ensiná-los a amar a si mesmos. Não se trata de sermos bons com o próximo, mas explicar-lhes que o amor começa dentro de nós. A fim de proporcionar este sentimento para o mundo, precisamos fortalecer o amor por nós mesmos. Eu sempre tento dizer para Matteo e Valentino o quanto são importantes e digo tudo o que vejo de bom neles. Assim, eles podem reconhecer as criaturas maravilhosas que são.

Por estas razões, eu sinto que o amor deve ser comemorado 365 dias por ano. O ser pai é um aprendizado constante e enriquecer. E como isto é sobre compartilhar informações e crescer como uma comunidade, me diga como você celebra o amor e que lições que eles dão aos seus filhos. Aprendamos uns com os outros!


Texto: Ricky Martin
Tradução: Claudia Salgado