quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Ricky Martin reage a ataques de Donald Trump: "Chega de agressões aos latinos. Basta!"

Olá pessoal! O nível de xenofobia do candidato republicano a presidente dos Estados Unidos, Donald Trump atinge um novo nível. Desta vez, o magnata expulsou de uma conferência de imprensa na cidade de Iowa, o repórter Jorge Ramos, ancora do telejornal da rede de televisão americana Univision.

"Sente-se, não te dou a palavra. Volte para a Univision",  gritou Trump ao jornalista de origem mexicana.

Ricky Martin depois te tomar conhecimento desse atitude grotesca escreveu uma carta aberta para onald Trump e também direcionada aos latinos e   uma das frases que se destaca na carta é um chamado citando o seguinte: "Vamos mostrar que a nossa raça latina se respeita".

Ricky também defendeu  Jorge Ramos e disse que "ele estava fazendo seu trabalho", mas "a xenofobia como uma estratégia política para se chegar ao poder é o mais baixo que se pode chegar", disse ele contra a atitude de Trump desde que começou sua campanha para a presidência americana,

Confiram a carta de Ricky Martin:

"O fato de que um cara como Donald Trump, candidato à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, tenha a coragem de continuar perseguindo "gratuitamente" a comunidade latina faz meu sangue ferver. Em que ponto esse personagem assume que pode fazer comentários absurdos, racistas e especialmente incoerentes e ignorantes sobre nós latinos?

Desde o início a sua intenção era clara: basicamente dizer atrocidades e mentiras para permanecer relevante aos olhos do público, por votos ou apenas para ficar no radar da mídia.

O episódio de ontem com o jornalista Jorge Ramos, um dos mais amados e respeitados pelos meios de comunicação no mundo latino, já passou do ponto, basta. Jorge Ramos estava fazendo o SEU TRABALHO como jornalista em uma conferência de imprensa em que ele apareceu de forma livre e democrática, e que representa uma das maiores cadeias de televisão latina do mundo e com o mesmo direito ao livre exercício da profissão como o de todos os jornalistas.

Mas este novo personagem da política americana o agredi verbalmente e o expulsa da conferência de imprensa. (Depois de alguns minutos, Ramos foi capaz de voltar para a conferência de imprensa e questioná-lo sobre seus planos de imigração.) Não me surpreende esta ação Trump, o que me surpreende é que os hispânicos continuem a aceitar os ataques e acusações de indivíduos que como ele atacam a nossa dignidade.

BASTA senhores!

Se estamos unidos para algumas coisas devemos estar para outras. Já mostramos aos Estados Unidos que somos latinos e  não podemos permitir este comportamento. Temos que derrotar esse poder que pretende mostrar Trump sobre os latinos, aclamado por um discurso baixo xenófobo e que sua equipe de campanha parece convencida de que ele funciona.

Demonstremos que a nossa raça latina se respeita e não deixemos que um aspirante a político semear em sua campanha o insulto e a humilhação. Devemos respeitar essas primeiras gerações de latinos que vieram para os Estados Unidos e abriram o caminho para todos nós. Cada direito que nós temos hoje, nós lutamos por eles.

A xenofobia como uma estratégia política é o mais baixo a que se pode chegar em busca de poder. Esta é uma questão que nos une e nos toca a lutar juntos, não só por nós hoje, mas para a evolução da humanidade e aqueles que virão no futuro."

Por Ricky Martin

Texto: Claudia Salgado