quarta-feira, 1 de julho de 2015

Ricky Martin fala do vilão dos Minions: "Herb e eu nos parecemos um pouco"

Olá pessoal! Este Verão, Ricky Martin dá vida a um personagem um pouco vilão, muito espirituoso e romântico. Aqui, ele conta detalhes de seu papel no filme "Minions" e  fala da experiência dando voz a "Herb Overkill" no filme  que chega aos cinemas no dia 09 de julho.

Confiram a entrevista feita pelo site Piccolo Universe:

Piccolo Universe: Conte-nos sobre o seu personagem Herb Overkill?

Ricky Martin: Meu personagem é Herb Overkill. Supostamente é o vilão do filme, mas eu não acho que ele é o vilão é simplesmente um homem que está profundamente apaixonado por sua esposa, e sua esposa é metade maquiavélica. Mas ele é muito criativo, é super hippie, seu estiloo é muito "anos sessenta", e também tem um grande coração, honestamente. Eu o vejo um lado nobre que talvez o público não veja à primeira vista, mas tem a sua força desse lado do espectro do que são as emoções.

Piccolo Universe: Conte-nos sobre as semelhanças entre você e seu personagem

Ricky Martin: nos parecemos um pouco. Nós dois somos muito criativos. Minha cabeça não pára. Honestamente, eu estou constantemente observando o que fazer, não fazer e como fazer. E se eu não estou fazendo filmes de animação, os livros infantis que eu estou escrevendo ou eu estou fazendo a minha música, meu álbum, minha turnê e meus concertos; ou seja a minha vida é complicada nesse aspecto, igual a dele. Ele não pára. Ele está sempre criando coisas muito positivas. No amor, eu penso como nós dois podemos ser tão bobos. Nós nos apaixonamos e ficamos todo melosos.

Piccolo Universe: Qual foi a evolução da sua primeira dublagem para atualmente com Herb Overkill?

Ricky Martin: A primeira vez que eu emprestei minha voz para um desenho animado foi há um tempo atrás. Foi para um super-herói (Hércules). Desta vez eu sou o "vilão" do filme e é muito diferente. Há algum tempo; hoje eu sou pai e honestamente os meus filhos têm um papel muito importante na decisão de entrar em um projeto como este, mas honestamente trabalhar como ator nos Minions simplesmente nasce de uma necessidade de olhar para os desafios em minha vida, mas os meus filhos, obviamente ajudam em tais decisões.

A inspiração é a mesma, o jovem que fez aquele primeiro projeto de desenhos animado é o homem de hoje. Nós gostamos das mesmas coisas. Nós gostamos de surpreender as pessoas. Isso acontece quando você sente a reação do público. Hoje eu tenho as redes sociais para ver como o público reage. No passado, ele teve que ir para a rua para ver como o público iria reagir, por isso desta vez eu vou desfrutar de casa.


Piccolo Universe: O que significam os Minions para você?

Ricky Martin:  Eu acredito que eles são uma revolução social. Os Minions têm impactado em todo o planeta. Por que eles têm impactado todo o planeta? Eu diria que é por sua nobreza, seu sentido da justiça, por seu senso de humor, acho que até mesmo por seu dialeto, por seu carisma. Eles são muito especiais.

Piccolo Universe: Como você você deu vida a Herb Overkill?

Ricky Martin: Para mim, o processo de dar vida a esta personagem foi com a minha voz ... Eu fui a um estúdio de gravação e um diretor que me ajudou a encontrar as emoções necessárias para criar uma cena de impacto. Simplesmente você fica por muitas horas trancado em um estudo tentando encontrar as cores e tentando entrar em contato com essas emoções necessárias, que é a única coisa que dá vida aos desenhos animados. Você está assistindo a desenhos animados e, em seguida, você tem que os alimentar. Você não tem muito. Você se deixa levar pela história e começar a jogar. É muito diferente? Não é muito diferente. A diferença entre o desempenho como ator e o desempenho como dublador de desenhos animados, é que nos desenhos animados a atuação tem que ser para que a cena para tenha sucessoQuando você age como um ator, pelo contrário, este é o seu desafio, não é sobre a interpretação; constantemente você ensaia, ensaia e ensaia o máximo possível para tornar a cena acreditável. Neste caso, não. Neste caso, quanto mais explosiva, melhor.

Piccolo Universe: Como sua carreira influencia na dublagem?

Ricky Martin: Eu acredito que como músico ajuda, porque, acredite ou não, há momentos musicais nas cenas como uma questão de "tempo", para preencher o espaço onde há movimento da boca do desenho animado, tem que se prestar atenção com seu ouvido a métrica. É incrível. Fizemos bastante rápido, mas ainda existem desafios em tudo o que é novo para você.





Fonte: Piccolo Universe
Tradução: Claudia Salgado