quarta-feira, 4 de março de 2015

Ricky Martin fala sobre filhos, carreira e amor ao Brasil na entrevista que concedeu ao Gugu

Olá pessoal!

Ontem (03) finalmente pudemos assistir a entrevista exclusiva que Ricky Martin concedeu ao Gugu Liberato para seu programa. Gugu viajou até Miami para entrevistar Ricky que durante a entrevista falou sobre Matteo e Valentino, sobre seu novo álbum "A Quien Quiera Escuchar", sobre o boato de sua morte e também sobre seu amor pelo Brasil.

Confiram a transcrição da entrevista e o video:

No início do bate-papo com o Gugu,  Ricky começa se declarando para o Brasil.

Gugu: Vamos falar desse seu novo trabalho "A Quien Quiera Escuchar". Você vai lançar em portugês também?

Ricky: o que você acha?
Gugu: Eu acho que devia.

Ricky:É uma boa ideia?
Gugu: Eu acho

Ricky: Jura?
Gugu: Sério mesmo.
Ricky: Se você fala eu vou para o estúdio agora mesmo. vou cantar em português.

Ricky: Eu gostaria de voltar para o Brasil. Eu quero fazer uma turnê pelo Brasil. Se Deus quiser, até o fim do ano vamos preparar uma coisa especial para o Brasil

Gugu: Eu ouvi o seu novo disco e  "Adíos" foi o seu primeiro sucesso. E a letra da música me chamou a atenção:

"Adeus
Eu tenho que dizer adeus
Eu estou ficando louco
Louco, louco, louco por seu amor
Eu não quero perder o controle
Afogando a minha dor em álcool.."

Ricky: Eu comecei a gravar esse CD na Austrália há um ano. Eu queria ser transparente. É um CD muito real e transparente. São histórias que eu vivi, mas com muita metáfora e poesia. Há muito tempo não me sentia tão bem com minhas músicas. Nesse momento da minha vida eu estou no controle das minhas emoções e apaixonado pela vida. É o que vocês vão ver no CD A Quien Quiera Escuchar.

Gugu: Quando você diz assim "afogando a minha dor". Você já afogou a sua dor no álcool?

Ricky: Eu acho que a vida tem seus altos e baixos. Se você sempre está lá em cima, algo está errado. Se você está triste ou deprimido, algo também está errado.  Se você escuta o cd todo, é um filme. Acho que minha intenção era apresentar a vida.

Gugu: Eu achei o CD profundamente sentimental e romântico. [O que é] Dispara o coração?

Ricky: É uma metáfora muito dramática. Pra mim, é uma das canções de amor mais lindas que já cantei. Quando falo Dispara o Coração, é uma coisa triste e dramática. Uma coisa muito romântica. Quando eu conheci você eu senti  uma explosão de emoções! É por isso que a canção se chama "Disparo al corazón".

Gugu: "Antes de ti, não fui um santo?" [Gugu lê trecho de música Disparo al Corazón]

Ricky: Mas, quem é santo? Quem é santo? Você é santo Gugu?

Gugu: Eu não!

Ricky: Graças a Deus. (risos) Acho que tem que viver a vida ao máximo. Tem que conhecer pessoas. Acho que no final da vida vou poder dizer que vivi bem e vivi sem fazer mal a ninguém. Mas ninguém tem que me contar nada. Eu caminhei pela vida vulnerável, eu caminho pela vida aberto a experiências. Tudo o que eu vive fez o quem eu sou hoje.

Gugu: "Conhecer você foi um disparo ao coração?" [Gugu lê outro trecho da música]

Ricky: Sim, foi uma explosão de emoções. Quando você conhece alguém, você faz (ah suspira Ricky)  você pergunta quem é, qual é seu nome. Ai começa uma história de amor. Eu sinto disparos no coraçõa todos os dias.

Gugu: Os disparos no coração, os grandes disparos no coração, não acontecem muitas vezes na vida?

Ricky: Os grandes disparados, ás vezes. Mas, eu me apaixono todos os dias. Entendo sua pergunta. Ela é muito boa. Tive quatros disparos ao coração (risos). Meu Deus o que vai pensar o público Gugu. (risos)

Gugu: Eu quero falar sobre a música "La Mordidita"

Ricky: Como fala em português?

Gugu: A Mordidinha. Ela é extremamente dançante, né?

Ricky: Sim, ela é uma música tropical com uma influência caribenha muito forte.

Gugu: Só para terminar sobre essa questão da mordidinha, quando você diz “seus lábios, meus dentes. Crocante e delicioso bolo. Fogo em seus olhos e seu corpo destila tequila e mel. Se Deus colocou a maçã, foi para morder. oh Deus.."

Ricky: Se Deus criou a maçã foi para morder, não acha?

Gugu: A maça foi para morder. Eu acho esse seu disco extremament sentimental, voltado ao amor, não só ao amor carnal, mais ao sentimental também.

Ricky: Sim, eu acho que tem muita metáfora e muita poesia. É um CD sem mascaras,com muita transparência e sou eu, graças a Deus, o público está recebendo de braços abertos. Não importa a língua, o CD é número 1 no Libano, e é um CD em espanhol. Não importa a lingua que eu cante, a música está aí, se os sentimentos existem, o público percebe e percebe bem.

Gugu: O CD nos passa a impressão de uma pessoa muito apaixonada. Você está apaixonado? Apaixonado quando eu digo por alguém?

Ricky: Não, Gugu. Agora estou solteiro e tranquilo. Estou desfrutando da solteirice. A minha prioridade são meus filhos e minha carreira. Eles têm seis anos. Mas, estou aberto ao amor. Vamos ver o que acontece!

Gugu: No que ser pai transformou sua vida?

Ricky: Tudo é diferente. A decisão que faço na minha carreira é focada no bem estar dos meus filhos. Eles veem em primeiro lugar. Eu dirijo o carro diferente. Os pensamentos são mais maduros. Eu quero uma filhinha. Acho que o amor que sinto pelos meus filhos é tão fascinante que desejo para o mundo o que sinto por eles. Quero sentir mais e eu quero uma garotinha.

"O amor que sinto pelos meus filhos é tão poderoso, lindo, fascinante que desejo para o mundo o que sinto pelos meus filhos"

Gugu: Você acha que eles se transformaram na grande razão da sua vida?

Ricky: Meus filhos são minha vida, meus filhos são tudo. São duas crianças muito especiais e inteligentes. Eles sabem quem é o papai e o que eu faço. Eles observam tudo. É uma pressão intensa. Adoro tudo Gugu. Não tenho palavras para te descrever! E acho que eu não sou o único pai que se sente assim.

Gugu: você disse numa entrevista que em outra vida você foi brasileiro.

Ricky: Claro que sim! O meu Deus! Algo acontece fisicamente, quimicamente quando vou ao Brasil, algo muito especial. E quando eu não estou no Brasil eu sinto uma saudade real, genuína. Eu gostaria de morar um tempo da minha vida no Nordeste do País. Sempre que vou par ao Brasil, o Brasil me recebe bem, me recebe com muito carinho. E estamos falando de muitos anos viajando para o Brasil e recebendo muito amor e eu falo aqui com você e falo em todas as partes do mundo. 

Gugu: O cantor é um bailarino excepcional, dança como poucos artistas. O que pouca gente sabe é que essa paixão pelo Brasil também inclui o Carnaval. Em 1997, o cantor desfilou pela escola de samba Portela, do Rio de Janeiro. E sempre que sua agenda permite ele vem assistir a maior festa popular do mundo.

Ricky: Quando fui ao carnaval do Rio pela primeira vez mudou a minha vida. Existe o Ricky antes do carnaval e depois do carnaval. Eu faço muito divulgação do Carnaval (risos)

Gugu: Você já se apaixonou por alguém do Brasil?

Ricky: Claro que sim. Acho que Brasil e Porto Rico uma mistura  maravilhosa!

Gugu: Me diga uma coisa, você tem Facebook e Instagram?

Ricky: É uma obsessão. (risos) Eu adoro! Eu sou viciado. É uma coisa que eu não tinha quando comecei minha carreira. Agora, posso falar diretamente com a galera que é bem honesta comigo. "Eu gosto disso, Ricky. Eu não gosto disso, Ricky". Então que maravilha que temos esse contato direto. É uma comunicação rápida. E com as fotos também. Uma foto diz mais que mil palavras.

Gugu: No começo do ano, você entrou na lista dos artistas, aconteceu comigo também, de possível morte. Como você dominou essa situação?

Ricky: Oh, meu Deus. É incrível porque tinha um vídeo de eu morrendo. Uma loucura o vídeo. Falaram que sofri um acidente do carro e tinham o vídeo de eu saindo do carro. Uma coisa horrível. Eu estou acostumado com essas histórias, mas quem inventou essa piada tem que lembrar que eu tenho uma mãe, pai e irmãos. Meu irmão me ligou pedindo "por favor atende o atende o telefone, eu quero escutar sua voz. Foi muito bem inventada, bem feita, os detalhes do vídeo. É triste, mas eu acho que o público tem que ser mais inteligente, foi uma mentira.

Gugu: Eu vou fazer uma brincadeirinha com você rápida. A brincadeira das três dicas. Eu te falo três dicas e você me fala quem é a pessoa.

Assim como você, ela também já cantou na abertura da Copa do Mundo?

Ricky: Mulher? Então pode ser JLO, Shakira ou Claudia Leite

Gugu: JLO, acertou!

Gugu: Segunda, eles formam uma banda com cinco integrantes. A banda se formou em um reality show chamado X-factor...

Ricky: One Direction

Gugu: Terceira. Ela acabou de ser mãe pela terceira vez. Ela é casada com um jogador de futebol?

Ricky: Shakira

Gugu: Ela é considerada a cantora mais rica do mundo?

Ricky: Madonna

Gugu: Nasceu na ilha da Madeira em Portugal? Sua primeira partida profissional foi aos 17 anos.

Ricky: Cristiano Ronaldo

Gugu: Essa também vai ser fácil para você. Foi comediante de standup. Já apresentou a cerimônia do Oscar duas vezes?

Ricky: Elle Degeneres

Gugu: Finalmente, acho que essa aqui você não vai acertar. É vegetariano??

Ricky: E?? Eu?!

Gugu: Acertou! (risos)


Ricky: Não, mais podia ser Paul McCartney.. (risos).

Gugu: Eu queria te mostrar uma foto que guardo com muito carinho.

Ricky: Uau!!Você está igual Gugu.(risos). Esta foi a primeira vez que visitei o Brasil. Temos que dizer o ano?? Não temos! (risos) Faz cinco anos! (risos)

Gugu: Eu queria te agradecer mais uma vez pela gentileza de nos receber. Obrigado! Eu sei que você está concorridíssimo! Com agenda cheia, mas o Brasil te aguarda, o Brasil te espera!

Ricky: Gugu muito obrigado a você! Por tudo o que você fez na minha carreira, por minha carreira. A primeira vez que visitei o Brasil conheci você e você sempre foi de uma ajuda linda para minha carreira no Brasil e eu não esqueço.

Gugu: Eu estou feliz por você!

Ricky: Eu estou feliz por você também!

Confira o video da entrevista:





Transcrição: Claudia Salgado.
Fonte: Programa do Gugu