sábado, 4 de outubro de 2014

Ricky Martin "The King" seduz com um show para 20 mil fãs na Cidade do México

Olá pessoal! Ontem a noite começou a nova tour de nosso amado Ricky Martin, a "Ricky Martin Live in México". Serão 19 shows nos meses de outubro e novembro.

Ricky seduziu o público ontem à noite na Cidade do México, onde começou a dançar e cantar para 20.000 pessoas no Palácio de los Deportes. Ricky surpreendeu os fãs com várias mudanças de roupa, que passaram de camisas e coletes sem mangas e ajustadas a um terno cinza ocre, o que foi feito com uma produção impressionante cheio de luzes, telas e efeitos especiais.

Entre um vasto repertório, Ricky cantou elas os sucessos "Livin 'La Vida Loca", "Tal Vez" e "Shake Your Bon-Bon", entre outros. No entanto, a música que fez o calor nas gargantas de seus seguidores subir foi "Vuelve" que fez até mesmo o "Dome de Cobre" vibrar, como também é chamado o Palacio de los Deportes na Cidade do México.

O show começou às 21h10, hora local (02.10 GMT no sábado), com o surgimento de Ricky Martin em meio a dançarinos sensuais, cantando "Come With Me" e foi acompanhado pelos gritos de seus milhares de seguidores que cantavam as canções do boricua.

Com uma jaqueta e calça cinza animado com as milhares de almas que o acompanhavam ao começar os acordes de 'Shake your bonbon' com a qual mostrou  vários passos de dança que trouxeram gritos dos fãs. E depois continuou com "Adrenalina' que teve como surpresa a presença de Wisin para cantar com ele, que ao final mostraram as bandeiras unificadas do México e de Porto Rico.

"Muito boa noite, México, como estão passando? Muito obrigado por estar aqui, esta é uma noite especial, pois é o início de um novo ciclo. É o primeiro show da turnê, vocês fazem parte e vamos fazer um momento inesquecível. Eu sempre digo e repito: obrigado! Eu juro que eu vou deixar a minha alma neste cenário com vocês e peço-lhes que tenham um bom tempo, esqueçam os problemas pessoais, os do país, do trabalho e que sejam livres ", saudou Ricky, sendo aclamado pelo publico.

 Um carro aparece no palco, apoiado por quatro outros pequenos em ambos os lados, foi o preâmbulo de um tempo mais roqueiro no show e Ricky começa a cantar "Livin 'la vida loca".

Entre imagens de edifícios e posando nos assentos do carro foi a vez da musica "Revolución", onde Ricky já havia mudado de traje agora se mostrando todo de preto, usando óculos escuros e na camisa a legenda escrita em branco em Inglês: "Eu sou rei" veio na sequencia  "It's alright", seguida por "Dime que me quieres"

Um vídeo mostrou o que a Fundação Ricky Martin tem feito na luta para preservar os direitos humanos e Ricky começa a cantar "Somos la Semilla".

Dos novos hits, Ricky cantou "Vida" usando uma camisa amarela.

Mas ele não se esqueceu de cantar seus hits que não podiam ficar de fora: "Gracias por pensar en mi", "Tal vez", " Tu recuerdo", "Y todo queda en nada", "Fuego de noche", "Volverás", "Lola", " María", "La bomba", "Por arriba", " Pégate" e "La copa de la vida". E com "La Copa" o público foi a loucura sob uma chuva de papel picado encerrando o show.

Ricky voltou para o bis sob aplausos cantando " A medio vivir", dizendo até logo ao público que deixou claro que duas horas não foram suficientes para saciar a vontando de escutar Ricky cantar.

Hoje o Palacio de Los Deportes, recebe o segundo show da tour "Ricky Martin Live in México".



Confiram o video de Adrenalina:



Texto: Claudia Salgado
Fontes: El Universal e La Cronica