segunda-feira, 2 de junho de 2014

Viva Ricky! Pop Star, sexy symbol, ativista, filantropo, um cara de família, ícone latino. Ricky Martin tem muitas faces.

Olá pessoal! Leiam a tradução da entrevista que nosso amado Ricky Martin concedeu a revista "Life Ball" na edição de junho, antes da sua participação do evento "Life Ball" em Viena.

Texto/Tradução:

Viva Ricky Martin!

Pop Star, sexy symbol, ativista, filantropo, um cara de família, ícone latino. Ricky Martin tem muitas faces. Ele se apresenta no LiFe Balls um dos eventos beneficentes mais importantes do mundo para arrecadar fundos para luta contra o HIV/AIDS.

Os hits dele (She Bangs, Living La Vida Loca , e seu mais recente Vida) são a garantia para quadris rebolativos e fans gritando. Mas Ricky Martin usa sua presença mundial não só no palco. A performance dele no Life Ball tem mais a oferecer do que entretenimento no seu melhor. Graças à Martin, o foco da atenção será no seu maior interesse: a luta compartilhada contra a AIDS/HIV.

Revista Life Ball: O que você espera do Life Ball?

Ricky Martin (RM): Uma completa onda de energia positiva onde todo mundo tem o mesmo objetivo que é acabar com o sofrimento das pessoas afligidas com a doença da Aids. Quando nós trabalhamos juntos, somente coisas boas vêm de um evento desses.

Revista Life Ball: Você pode nos dar informações sobre  a música que você vai cantar?

Ricky Martin: Isso estragaria a surpresa e a antecipação que você iria se sentir de não saber o que está por vir. Posso te assegurar que seria divertido para todos  os presentes. E espero fazer novos fãs no show.

Revista Life Ball: Você tem sido uma trabalhador da caridade e ativista por anos, quais lições você aprendeu durante sua batalha contra Hiv/Aids?

Ricky Martin: Nós fizemos grandes melhorias para as vidas das pessoas afligidas pela  HIV/AIDS. Nós estamos agora mais perto onde precisamos estar para educar as pessoas sobre a doença.

Revista Life Ball: Parece que a homofobia está de volta: Em alguns países nunca desapareceu. Como podemos lutar contra preconceito e isolação?

Ricky Martin: Nós precisamos continuar a educar as pessoas, e através desses conhecimento as barreiras vão lentamente se desfazer. Eu também acentuo que se nós somos conhecidos por alguém que tem más atitudes e é negativo para nossos esforços estejamos sorrindo e continuemos com nosso objetivo de fazer a próxima pessoas mais consciente de nossa missão.

Revista Life Ball: David La Chapelle fotografou você para a campanha Viva Glam da Mac, e ele também filmou o anúncio do Life Ball. O que você acha dele ?

Ricky Martin: Ele é um fotógrafo genuíno que, através da arte dele, é capaz de levar sua mensagem além, mesmo sem estar na sua frente. Ele é sutil.

Revista Life Ball: Como foi sua abordagem para música que mudou nos anos que passaram?
 
Ricky Martin: Acho que com a idade nós ficamos maduros e nos estabelecemos nas nossas vidas. Estou voltando às minhas raízes musicais.

Revista Life Ball: E como você mudou nos anos recentes?

 Ricky Martin: Eu venho apreciando a vida em seus prazeres mais simples.

Revista Life Ball: Você agora é um papai feliz. O que significa sua família pra você?

Ricky Martin: Minha família significa tudo pra mim e eu não posso dizer o quanto o bastante. Com todas as bênçãos que a vida tem me dado, nenhuma delas se compara com a família.

Revista Life Ball: Que valores de moral você quer transmitir pra seus filhos?

Ricky Martin: Compaixão, bondade, entendimento que simplesmente porque alguém pensa diferente do que eles pensam, não significa que eles estrão errados.

Revista Life Ball: E para seus fãs?

Ricky Martin: Eu devo tudo aos meus fãs, sem eles não haveria Ricky Martin.

Fonte: Life Ball Magazine
Texto: Viviane Prates