domingo, 8 de junho de 2014

Ricky Martin: "Eu disse aos meus filhos que eu sou gay"

Olá pessoal! Essa é a tradução de uma entrevista que Ricky Martin concedeu ao reporter  İzzet Çapa do site Gay Mag da Turquia.

Ricky Martin: "Eu disse aos meus filhos que eu sou gay"


É junho ... Localização Madrid ... à disposição para fazer uma entrevista com uma estrela mundial ... Meus nervos estão um pouco esticados, esperando a estrela ... Você pode pensar que é capricho ... Mas quando eu me sentei ao lado de Ricky Martin, eu tive vergonha de mim mesmo por causa de meus preconceitos. Ele me foi me apresentado por um velho amigo e falou em turco "Olá, bem-vindo, como você está?" disse Ricky... Seu sangue latino não é diferente do nosso sangue mediterrâneo, uma vez que isso não faz muita diferença ... No final da conversa com uma estrela mundial, percebo que ele é como todos nós ...


Nós achamos que sabemos tudo, mas o que sabemos de Ricky Martin ou Enrique José Martin Morales IV antes de dizer-nos de...
-Vamos voltar ao passado. Mas primeiro, vamos esclarecer isto, eu não me chamo Enrique José e sim Enrique Martin.

Mas você não ama o nome José? 
- (Risos) Isso não importa! É uma das minhas antipatias! José não é o meu nome. Em uma entrevista anos atrás escreveram meu nome errado e ainda tem o José Enrique.
Bem, eu pesquisei na Internet eu ... 
- Como assim? No entanto, está corrigido no Wikipedia,ou o José escreveu novamente ou o quê? Eu não tenho controle sobre isso, pelo menos na Turquia por favor me ajude a me livrar do passado e parar de ser chamado José (risos).
Então, já que não posso confiar na internet,  vamos ouvir de sua boca a sua história de vida ... 
- Então, vamos fazê-lo. Em 1971, na capital de Porto Rico, San Juan, eu nasci em Hato Rey uma península muito perto da capital.
Como é a sua família? 
- Eu sou filho de um pai psicólogo e de uma mãe contabilista. Mas eles se divorciaram quando eu tinha dois anos.
Ser filho de pais divorciados, como isso afetou você? 
-  Eu era muito pequeno, então eu ia e vinha entre os dois, eu pensava que era normal.
Será que você teve que fazer uma escolha entre os dois? 
- Era um tribunal emancipado, mas minha mãe e o meu pai sempre foram uma parte da minha vida .Apesar de estarem separados, ambos me criaram, eu diria. Bom, como eu nunca cheguei a escolher, nem minha mãe nem meu pai "me escolheram", eles estavam concorrendo um com o outro. (risos)
O sonho de infância era chegar ao show business? 
Eu fiz isso de uma forma que era... e de alguma forma eu cheguei lá. No entanto, a cada passo jardim de infância e da escola primária eu agarrava cada oportunidade para participar, eu faria o que fosse preciso para cantar no coro.
Nós amamos tudo o que fizemos na escola, mas um recital escolar não é o showbiz ... 
- Você está certo, de qualquer maneira, eu peguei a oportunidade para começar a me jogar nos anúncios. Com a idade de seis anos, eu fiz o meu primeiro filme publicitário profissional.
Uma grande história para o mundo do estrelato, incrível ... 
- Apesar de não ter sido tão fácil como você diz, oh yeah! 


Mas a música supera tudo e era muito divertido no início? 
- A música sempre foi uma parte da minha vida. Quando eu era mais jovem ouvia constantemente Boston, Cheap Trick, Journey, e eu gostava de ouvir David Bowie. 


Digamos que você está falando esses nomes e não têm nada a ver com a sua música embora. 

- Naquela idade, em minha mente foi sempre o rock. Mas eu estava cansado de ouvir as mesmas músicas em casa e um dia  minha mãe me pegou pela orelha e me levou a um show da Celia Cruz. Lá eu ouvi ritmos e canções com "a paixão" que mudou a minha vida, eu diria.
Sua mãe lhe pegou pela orelha e sua vida mudou.  Você ainda é um menino grande que sua mãe ainda puxa sua orelha? 
- (Risos) Não, ok? Ela puxa, quando necessário, é claro. Mesmo com a minha idade eu sempre serei o garotinho da minha mãe.
Você passou dos 40 anos, você ainda tem medo de sua mãe, então ... 
- Obviamente, eu não quero ouvir: "Eu tenho medo dele" da minha mãe (risos). Brincadeiras à parte, a atitude dominadora com caráter forte, ela é uma mulher latina ... É a matriarca da família latina, é a dona da casa, elas sempre dizem a última palavra.
Minha infância foi roubada de mim
Quando foi que você andou pela primeira vez no palco de uma forma profissional? 
Filmes publicitários e então eu comecei a ter aulas de atuação e música. O Menudo era composto por homens naquela época e eles procuravam um novo membro para o grupo que aprendesse a música e eu só fiz o teste.
Cortina de madeira!! 
- (Risos) A cortina de madeira acabou de abrir. No primeiro teste, eles não me escolheram porque eu era pequeno demais.Então eu tentei uma vez, e mais uma vez, mesmo ainda sendo muito "pequeno" que eu entrei para o grupo.
Você se encontrou com a decepção naquela idade... 
Sim, mas isso não me impediu. Quando eu ouvi que o teste seria feito mais uma vez, pela terceira vez, e desta vez eu entrei, eu era o "Novo Ricky". Eu estava no Menudo.
"Novo Ricky" significa?
- Porque antes de mim havia outro Ricky no grupo.
Quantos anos você tinha quando se juntou ao Menudo? 
- Minha idade progrediu ... eu tinha 12 anos (risos).
Aqui estamos brincando de esconde-esconde no bairro sobre qual era a faixa etária que o qualificava para o grupo ... Eles disseram que você era muito jovem para o grupo que não o recebeu até que você chegasse aos 12 anos? 
- Era uma característica do Menudo. Você começa com a idade de 12-13 anos, e está deixando o grupo após os 18 anos. Na verdade, eu sai do Menudo em 1989.
Então você está na indústria da música desde muito jovem, você passou grande parte de sua infância na música, como você aguentava?
- Um grande obrigado ao Menudo pela oportunidade de ser reconhecido pelas massas. O Menudo na América Latina, Ásia e Estados Unidos foi um fenômeno. Nós eramos como o  "One Direction". Passei cinco anos como membro do grupo em um avião, posso dizer o que eu vivi.  Nós estávamos em turnê constantemente. Disciplina de trabalho e eu tomei a educação a sério como se eu estivesse no exército, mas sim, você está certo, às vezes, eu penso que todos eles, nós tivemos, além da minha infância, "roubada".

18 anos "aposentado" e, em seguida, o que você fez? 
- Quando sai do grupo, eu fui para Nova Iorque na esperança de continuar a minha carreira. 


"Sucesso em Nova York é ser bem sucedido em todos os lugares", diz a parábola ... Assim o que você achou? 
- As coisas não correram bem como eu imaginava. Depois de passar meu primeiro ano em Nova York, eu fui para o México desempregado. Meu objetivo era tentar a minha sorte lá.
Afinal de contas, as terras latinas, tiraram o seu sangue, talvez ... 
- (Risos) Eu realmente tinha um bom papel em um musical no México ... Porque os funcionários da Sony Music me notaram. Assim, em 1991, fiz meu primeiro álbum solo. Então, veio a oferta para fazer a novela "Alcançar Uma Estrela".
Os trabalhos começaram a aparecer ... 
- Bem, um pouco. Eu estava fazendo um cantor na série. Logo após lançar o meu segundo álbum, em 1993, voltei meus olhos para os Estados Unidos novamente.
Oh, você ficou desempregado..
- (Risos) Ainda bem que não foi assim. Desta vez, eu me mudei para Los Angeles e eu tinha uma pequeno papel em um sitcoms. E uma oferta veio de novo num mesmo período em uma novela.
O México apareceu daquele jeito de novo ...
- Não, foi em "General Hospital" um premiada série americana. Em ambos eu interpretava um personagem que tinha haver com a música.
Pelo que entendi a música de uma maneira ou de outra nunca o deixou ... 
- Ainda bem que ela não me deixa ... Em "General Hospital"  eu era capaz dedicar mais tempo a tocar música e me dedicar ao  meu trabalho e  o meu interesse na época era o meu álbum  "A Medio Vivir"  com o qual ganhei o disco de ouro.
Sempre tive um bom relacionamento com Madonna 

Atualmente quase todo o mundo acha que  " se você é um hóspede você está em casa"...
- (Risos) devido à contribuição da minha carreira, eu devo muito a FIFA. "La Copa de la Vida" é a canção oficial da Copa do Mundo de 1998, teve um grande impacto, nem eu  poderia imaginar que isso aconteceria.
Podemos dizer que foi o ponto de ruptura em sua carreira? 
-Claro. No mesmo ano eu recebi o Grammy pelo melhor álbum pop latino e logo após essa música literalmente estorou no mundo.
Você fez um dueto com Madonna nesse período ... 
- Após o Grammy a tal proposta veio de Madonna. Fiquei emocionado ao ouvir, é claro.
Mas algumas pessoas ao seu redor, de acordo com Madonna se opuseram a ela ... 
- Nossa música é de estilos diferentes. Mas eu estava sonhando de entrar em estúdio com Madonna. Mesmo que não tivesse uma boa música com Madonna pelo menos eu tive um tempo com ela, eu teria conhecido Madonna.
Então os produtores criaram esse dueto que Madonna tinha desistido? 
- Hein? Olha, eu nem sabia disso (risos). O meu relacionamento com Madonna sempre foi muito bom. Eu sei que nós entramos no estúdio e " Be Careful"  era uma grande canção que nós tínhamos.

Eu gostaria de ganhar a Copa do Brasil
Vamos voltar ao futebol. Uma das músicas oficiais da Copa do Mundo deste ano pertence a você. "Vida" uma explosão com mais experiência?
- "Vida" é uma canção muito especial. A Sony organizou conjuntamente com a FIFA um projeto chamado Supersong. Eles me ligaram "Você quer fazer uma música para a Copa do Mundo de novo?" Eles me perguntaram: "Oh meu Deus, eu não posso acreditar", e eu disse, sim, concordei imediatamente.
Por que você está tão animado já que anteriormente fez uma música para a Copa do Mundo? 
- É tudo parte de um trabalho é incrível! Você consegue imaginar um mundo, onde muitos artistas não têm acesso, mas tem a oportunidade de alguém ler sua canção, esta é a sua segunda chance. Depois de receber esta oferta para fazer o concurso recebemos muitas musicas, dissemos "esta é uma música que você pode fazer", disseram-me ao escolhermos "Vida" dentre as 29 canções de diferentes países foram escolhidas através de votação entre 1600 letras pelos meus fãs.
Agora você sabe o que isso significa, mas "Uau"!  
- (Risos) Eu não ouvi todas as músicas, é claro. Mas uma uma equipe de caçadores de talento ouviu e foram eliminando as músicas. Eu ouvi as 100 finalistas em busca do espírito da Copa do Mundo da melhor maneira que eu acredito que representa a "Vida". Quando se trata de estourar ... Por que não?
Eu achei muito cheio, havia um pelotão no clipe ... 
- Eu acho que havia 10-15 pessoas.
10-15 pessoas? Há pelo menos 100 pessoas, Ricky ... 
- Ok, ok, talvez você tenha razão, eu só podia ver 15. Os outros não sabem disso (risos). Enquanto isso, o clipe foi filmado no Brasil. Rio tem essa energia e foram três dias muito intensos. Eu também tenho que admitir que fiquei um pouco nervoso antes de começar a filmar.
Tipo "Como faço para encontrar 15 pessoas?"  
- (Risos) Não,  o clipe é mostrado em quatro categorias, e foi dirigido por Katia Lund do filme "Cidade de Deus". Você sabe, "Cidade de Deus", é um filme  perturbador bastante suave e um pouco escuro. E nem eu e  nem o estilo da música se encaixa nessa situação. De qualquer forma, nós nos sentamos à mesa com Katia "é o seu lado desconhecido, balançando, sensual e colorido queremos", eu disse.
Aparentemente se tornou o que você queria. 
- Katia tem um olho incrível. Tanto homens como mulheres estavam muito bem. Foi a maneira perfeita com que ela "reuniu a rua" que surgiu um grande trabalho. 
Existem quantas versões de "Vida"? 
- Bem, em Inglês, Espanhol, Português e Spanglish (metade espanhol, metade em Inglês) Eu disse-lhes que queria isso. Também existe uma versão a partir da China para a Malásia, Singapura e Indonésia, interpretada por cantores desses países.
É como uma interminável "conexão cósmica" entre você e o futebol.

- (Risos) O engraçado é a falta do 
time de futebol em Porto Rico. Mas durante os diferentes períodos da minha vida, eu vivi no México, na Argentina e no Brasil, e eu estou familiarizado com a sua paixão pelo futebol.


Qual será a sua equipe na Copa do Mundo? 
- Sobre este assunto eu estou em um dilema. Há alguns anos, eu me tornei um cidadão espanhol. Eu tenho do lado de minha avó raízes espanholas muito fortes. É claro que eu gostaria que a Espanha ganha-se, mas imaginar tomar o troféu do Brasil em sua própria casa, no Brasil durante sua festa. Então eu estou mais inclinado para torcer para o Brasil. Nesse meio tempo, eu apreciaria se você não publicasse isso (risos).
A casa da minha avó 
Eu acho que você está muito ligado à família... 
- Muito. Minha mãe, meu pai, meus irmãos ... Toda a minha família é muito importante para mim, mas a minha avó é completamente diferente ... Uma vez eu estava em um helicóptero para ir fazer um show em Porto Rico, enquanto voava sobre a cidade eu falei "Eu quero ver minha avó, vamos para a casa dela agora," eu disse.
Há uma pista na casa da vovó? 
- (Risos) O piloto disse isso! "Então, eu estou indo para pousar este helicóptero onde?", ele perguntou. "Agora, há um campo de beisebol ao lado da casa", disse. Felizmente, depois de algumas tentativas deu certo. Fui correndo para a casa, eu abracei a minha avó, beijei, e então eu voltei para o helicóptero de novo.
O que ela disse? 
- "Você está tão fraco, o que deu em você? Coma um pouco de carne", disse ela (risos).
Eu disse aos meu filhos que eu sou gay
Muitas músicas suas são hit mundial, Grammy e dois temas feitos para a Copa do Mundo fazem parte da vida de uma estrela, mas em casa as coisas mudaram com os seus filhos, o que mudou? 
- O que não mudou (risos). A vida me deu o melhor presente, os meus filhos. Cada passo que eu estou tomando na vida, eu penso na felicidade e no futuro deles. Você acredita que, até mudou a forma como eu dirijo o meu carro. Estou muito mais cuidadoso agora sobre tudo. Pelo bem dos meus filhos eu reflito sobre cada decisão que eu tomo.
Que tipo de pai você é? Você tem algum tempo para os seus filhos? 
- Eles nunca que permanecem separados por um longo tempo de mim. Quando eu saio em turnê ou eles vem comigo ou ficam com a minha mãe. Eles sempre estão comigo, eles adoram viajar. A duas semanas atrás eles perguntaram: "Pai, para onde vamos agora?" (risos). Quando eles tiverem 15-16 anos eu quero que eles digam: "Nosso pai nunca nos deixou, sempre estava ao nosso lado". Todas as manhãs eu tomo café da manhã com eles, nos sentamos e jantamos na mesa, estamos sempre juntos. Olho para eles e eu vejo andando quase dois milagres, eles são os meus anjos.
Você tem a intenção de se tornar um pai de novo? 
-Com certeza! Eu adoraria ter uma menina, eu quero muito uma menina. Tudo o que eu sonho é ter uma família grande.
Há alguns anos, você anunciou ao mundo que era gay. Então você acha que pode dizer com segurança aos seus filhos que é gay no futuro? 
- Eu avisei... Um dia essa pergunta viria para mim "Pai, você gosta de homens?", eles disseram. Em nossa casa não há lugar para mentira, eu sinceramente disse "sim". Eu terminei com meu namorado de cinco anos, há pouco tempo. Naturalmente, durante este tempo na frente dos meus filhos eu o abraçava. A honestidade é a coisa mais importante em uma família.
Quais são os idiomas falados em casa? 
- Falamos Espanhol e Inglês. Na escola eles aprendem francês.
Quantos anos eles tem mesmo? Isso não é torturá-los? 
- (Risos) 5 anos de idade. Eu não os forço a nada. O espanhol é falado em casa desde que nasceram, vivemos na América então o Inglês é a língua principal ... eles aprendem francês na escola. Ambos falam Espanhol e Inglês, bem como os amigos de língua francesa da escola e estamos muito felizes com essa situação.
Quando eles chegaram à idade de 12 anos: "Pai, queremos ser uma cantor como você " o que você fará? 
- Meus filhos, se eles quiserem seguir o meu caminho eu ficarei feliz em ajudá-los. Isto é o que o seu "amanhã" pode ser. Então, eu vou ser o pai do cantor de 12 anos, eu vou pegar o meu bilhete de avião e dizer "Vamos voar". Agradeço a minha família por me apoiar e, eventualmente, também ficou provado que eles tomaram a decisão certa. 
Mas você já pensou que eles serão conhecidos por serem filhos de Ricky Martin, e não do Enrique no mundo da música ... para seus filhos essa condição existirá. Uma Vantagem e  Desvantagem ... 
- Eles terão que provar o seu valor sem o benefício do meu nome. Isso não é uma parte desta evolução? Cada nova geração tem que ser melhor do que a anterior.
Eu não sei sobre você, mas ele é o meu símbolo sexual muito sexy favorito 

Você é um homem com uma criança de 43 anos. ainda é um "símbolo sexual" - como você se vê? 
- Eu não sou um símbolo sexual, eu não sei, mas com certeza que eu amo "sexy". Este é um adjetivo que meus fãs atribuem a mim. Francamente eu não me vejo assim (risos).
Como é o homem Ricky Martin? 
- A paixão é uma parte da minha existência. Eu me defino como um sonhador realista. Minha vida é composta de emoções intensas. Eu sinto tudo mais profundamente. Meu pai me disse uma vez que eu estava sempre perto das pessoas na vizinhança desde a infância e que o meu apelido de Kiki fazia isso acontecer, estou acostumado a isso, mesmo agora, eles ainda me tratam como Kiki lá. Ricky Martin é minha vida no palco, depois de fechar a cortina, no entanto, eu estou enfrentando a vida como um homem chamado Kiki.
Por que seu pai disse que Enrique era "Kiki?
- (Risos) Meu Deus, meu pai, meu avô e bisavô tem o nome de Enrique. Uma confusão, porque todos nós temos um apelido parecido. Kiko era o meu avô, meu pai é  Kike, Kiki o meu, mas eu o mudei para Ricky.

Kiki Martin também soa agradável na verdade ...
Você pode, talvez, gostar, mas em algumas partes da Ásia, Kiki significa "vagina". Você pode imaginar que eu sou famoso como "vagina" (risos) ...
Como é que você nunca muda, Ricky? Qual é o segredo da juventude?
- Eu sou jovem, de qualquer maneira! Não há nenhum segredo (risos)... brincadeiras à parte, um par de anos atrás, eu decidi me tornar vegetariano. Eu acho que devo isso a estar em forma. 
Por que você fez essa escolha?
- Há alguns anos, meu colesterol estava alto demais. Eu me tornei vegetariano por necessidade. Na verdade, eu como  "amante da carne"  digo que esta decisão não foi fácil. No entanto, quando eu vou para a Espanha eu às vezes fujo um pouco da dieta. Mas, claro, a minha saúde é mais importante do que qualquer outra coisa. Entretanto eu não me esqueci como é deliciosa a culinária turca.
Ricky Martin deixou uma mensagem para os fãs da Turquia:


video



Fonte:  site Gay Mag da Turquia.
Texto: Claudia Salgado