sábado, 15 de fevereiro de 2014

"Meus filhos me injetam criatividade" diz Ricky Martin sobre Matteo e Valentino

Olá pessoal! Confiram a entrevista que Ricky Martin concedeu ao jornal El País do Uruguay. Na entrevista Ricky fala sobre o novo CD que deverá ser bilíngue e a tour deverá ser possivelmente em 2015. Além de estar escrevendo o terceiro livro da série Santiago.

Tradução:

"Meus filhos me injetam criatividade"

Em entrevista ao El País revelou que seu próximo álbum será bilíngüe e que trabalha em mais cinco livros infantis.

A entrevista foi conduzida por telefone de Miami, de bom humor e prometendo levar "um pouco de carnaval" para península uruguaia. "Muitas coisas estão acontecendo ao mesmo tempo, eu estou muito feliz, e comecei a escrever músicas para o próximo álbum, eu acho que vai ser bilíngüe e será baseada na fusão como sempre fizemos. Então, eu estou viajando nesta ligação entre culturas, de diferentes continentes, é um processo muito interessante", disse o ator e ativista social.

A vida do porto-riquenho mudou profundamente desde que decidiu ser pai e lida com a criação Matteo e Valentino, os gêmeos que são agora a sua principal fonte de inspiração. "Estou trabalhando muito duro com o meu mundo infantil, então me diga! (Risos) Eu tenho cinco anos como um pai e os meus filhos me injetado criatividade em muitos aspectos, é um mundo sem limites."

Martin se refere ao livro infantil publicado em setembro do ano passado, Santiago: o sonhador entre as estrelas, mas também aos outros cinco títulos que quase terminou com o mesmo estilo, uma linha de lançamento de roupas infantis em breve estará no mercado e no site Piccolo Universe aconselha aos pais e responsáveis ​​sobre a educação dos filhos.

"A minha autobiografia, EU, foi um processo de catarse muito forte que me ajudou a cair com o tempo sobre muitas coisas na minha vida e, aparentemente, serviu como uma ferramenta de cura para muitas pessoas, é destinado a fãs de música, mas também a todos aqueles que eles estão trabalhando contra o tráfico humano porque em alguns capítulos eu falo muito especificamente sobre esse tema e sobre o trabalho com a minha fundação. Também falo sobre os meus filhos e como eu decidi trazê-los para o mundo e meu encontro comigo mesmo, sobre a minha identidade sexual. É muito abrangente e ajudou os outros", continuou o artista, dizendo que "estranhamente", foi mais difícil de  se escrever Santiago: o sonhador entre as estrelas do que sobre a sua pessoa (EU). "Quando você vai para o vocabulário das crianças é diferente e você tem que ser mais cuidadosa com tudo. Mas era uma exigência maravilhoso. Estou com o terceiro livro finalizado, mas eu tenho cinco histórias para contar, por isso estou muito ocupado."

Para Martin no presente "a felicidade vai e vem" e o importante "é que todos os dias há mais momentos de felicidade". "Eu acho que isso vem com o agradecimento, não posso me esquecer dessa palavra e do seu significado. Nós trabalhamos muito duro para conseguir o que temos, mas sinceramente essa felicidade me faz concentrar no que eu tenho, em vez do que eu não tenho" ele respondeu calmamente .

O porto-riquenho, que conquistou o mundo, conseguiu quebrar preconceitos e abrir as portas para outros artistas latinos, tem como conta pendente o retorno ao cinema, depois de colocar a voz em Hércules da Disney e protagonizar Alcançar Una Estrela.

"Eu gostaria de fazer cinema, mas eu estou muito confortável com o que eu tenho agora, e por isso não me vem nada específico à mente. Não sei o que eu estou esperando, eu tenho recebido scripts com personagens interessantes, mas nenhum que me agarre pelo peito e me faça tremer. Então, continuo a procurar, seguiomos nos preparando", disse ele ao El Pais.

Uma de suas maiores conquistas foi em 1996, quando ele conseguiu o papel em Les Miserables na Broadway, marco repetido em 2012 na peça Evita ao lado da argentina Elena Roger. Por isso ele disse: "Eu amo Broadway, foi um ano interessante, onde eu poderia ficar mais forte e crescer como artista, você pode estar cercado de pessoas muito talentosas e para um público muito exigente, noite após noite, é muito seguro e saudável para a carreira qualquer artista. Amei embora tenha sido muito cansativo, sinceramente, são oito shows por semana, mas não é monótono em tudo e você tem que estar alerta."

Dias atrás Ricky Martin anunciou o vencedor do Supersong, destinado a encontrar uma das músicas oficiais que acompanharão a próxima Copa do Mundo com a sua voz. O porto-riquenho  escolheu "Vida" do compositor Elijah King, a quem descreveu como " um cara muito talentoso." "Achamos que foi uma competição muito inovadora, nunca se havia dado, literalmente, ao público do mundo a oportunidade de se escrever canções. Será o primeiro single do disco oficial da Copa. Quando me apresentação a idéia eu disse:Vamos, vamos matar isso!. Eu estava animado com o apoio da FIFA e da minha gravadora (Sony), primeiro por tomar tão a sério esse projeto que fez unir gerações e unir culturas através da música. E unir o público esportivo com música, então, é sempre para ganhar."

Em abril do ano passado Ricky celebrou através do Twitter (onde geralmente compartilha fotos, notícias, vídeos, frases e seus humores) a aprovação do casamento gay no Uruguai. E em sua última visita a Montevidéu, em setembro de 2011 se reuniu com o presidente José Mujica para contar sobre suas atividades, como a fundação que leva seu nome e luta contra o tráfico de seres humanos . "Mujica recebeu-me em sua casa como um membro da família e estou muito grato por tudo que ele fez por seu povo. Os uruguaios são muito calorosos e me sinto em casa", disse ele.

Sua próxima turnê mundial será em 2015

"Se Deus quiser a próxima turnê virá em 2015, porque eu estou louco para estar no palco, não posso mais!" disse ele ao El Pais.

No ano passado, o cantor estava entre Nova York e na Austrália filmando a segunda temporada de The Voice e agora quer se concentrar na produção de um novo álbum.

Não pela primeira vez, sua imagem está associada à Copa do Mundo. Em 1998, na França, ele cantou a música oficial  "La Copa de la vida"que se tornou uma sensação global.
Por isso será lembrado sempre como a esmagadora apresentação do hit no Grammy: "No dia seguinte, você tem Madonna e Rolling Stones parabenizando você, te desequilibra, mas é isto  de que se trata fazer música."

Estes dias Ricky estará gravnado "Vida" de  Elijah King, tema selecionado na competição Supersong.

"Eu passei algum tempo com ele e acho que ele é um homem muito seguro, muito carismático e trabalhador. Vamos criar um som, queremos criar um tema com influências africanas e do Caribe", disse ele no lançamento.

Mas há mais: Ricky participou em Miami, com Jennifer Lopez (JLo) da gravação do vídeo de Adrenalina , o tema do novo álbum do cantor porto-riquenho Wisin. O vídeo que exala sensualidade teve o namorado de JLo, Casper Smart, como diretor coreográfico. "Nós todos dançamos sem parar. Adrenalina! Sinto-me abençoada depois de um dia inteiro de trabalho no set de gravação", escreveu JLo em sua conta no Twitter. Martin escolheu compartilhar fotos.

Fonte: El País
Tradução: Claudia Salgado