quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Ricky Martin: "Estou preparando o disco da minha vida"

Madrid - Entre a publicação da história de seu primeiro livro para crianças, sua participação como jurado no "The Voice" da Austrália e performances como a de hoje à noite no prêmio "Los Top 40 Principales", Ricky Martin ainda tem tempo para concluir seu novo álbum.

"Eu fui para a Austrália sem planejar nada, estava em um estudo e comecei a trabalhar com os principais produtores do país para ver o que acontecia, a fazer coisas que nunca tinha feito", disse o músico porto-riquenho sobre os alicerces do que será o seu décimo álbum de estúdio, o sucessor de "Música + Alma + Sexo (MAS)" (2011) .

Então, se " Vem comigo " e Martin queria mostrá-lo sem esperar mais perto do lançamento do novo álbum, situado ao lado da data de verão para , mas a partir de janeiro para começar a trabalhar no novo single com antecedência.

Por enquanto, "Come With Me"  é o hit número #1 do "Latin Airplay " lista da Billboard, com seu pequeno toque musical ao " EDM " ( música eletrônica ), como resultado da sua colaboração com os produtores australianos DNA.

Eles já encomendou -lhes "coisas latinas". "Eu me arrisquei, peguei uma chance com os seus sons e eu quero tirá-los para fora de sua zona de conforto", disse ele .

"Atualmente, estou à procura de letras e melodias e vou trabalhar com os produtores latinos e anglo-saxões (ingleses)", previu Martin, que alegou que o lado caribenho e influência afro-caribenha "deve ser parte do processo, mas com uma mente aberta para um som global."

Há ainda muito tempo, em qualquer caso, para saber qual a linha terá o seu novo álbum, que particularmente  Ricky está animado sobre assunto, que seria o seu segundo projeto em conjunto com a FIFA, depois de cantar " The Cup of Fife " na Copa do Mundo França 98. Desta competição internacional vai nascer uma "supercanção" que irá sintonizar a Copa do Mundo Brasil 2014, e contará com contribuições de músicos anônimos de todo o mundo. "Eu quero que o disco seja algo muito orgânico, você pode sentir a pele dos tambores", disse ele.

Não é o único som que vibra no coração de Martin, que também confessa ser viciado nos aplausos, que tem recebido desde que começou na indústria da música no grupo de infantil Menudo até os seus sucessos internacionais, como "Livin La Vida Loca".

Hoje à noite, na festa de gala dos "Premios 40 Principales", ele poderá ouvir os aplausos várias vezes, se , para além da sua apresentação proposta de "Come With Me", talvez ele ganhe o prêmio na categoria "Melhor Artista Latino", no qual concorre com Jesse & Joy, Pitbull, Jennifer Lopez e Cali & El Dandy.

"O artista que diz que o prêmio não representa nada, está mentindo. Eu sou um viciado pela aceitação pública, pelos aplausos, por isto eu faço isso desde os 12 anos. Se eu receber este prêmio hoje à noite, eu me sentirei extremamente grato" , disse ele.

A resposta para este mistério será resolvido a partir das 18:00 GMT em uma cerimônia a ser realizada no Palácio de los Deportes, em Madrid e que também terá as apresentações de Imagine Dragons, Pablo Alborán, Dani Martín, Malú, Melendi, Jesse & Joy, John Newman e James Arthur entre outros.

Na Espanha, a festa será transmitida ao vivo pela "40 TV" e "Divinity". Na América Latina, o canal E! Entertainment Television vai transmitir a premiação.

Fonte: Abc.com
Tradução: Claudia Salgado